Fiscais de MS vão ao Paraná conhecer trabalho de retirada da vacinação contra febre aftosa

Voce sabia? 14 de Junho, 2019 147

Fiscais de MS vão ao Paraná conhecer trabalho de retirada da vacinação contra febre aftosa

Guaíra (PR) – Uma comitiva sul mato-grossense foi conhecer de perto como funcionam os escritórios, e como é realizado o trabalho pelos colegas fiscais agropecuários nos postos fixos e barreiras volantes, no Estado vizinho, o Paraná.

O Estado, que tem 9,3 milhões de animais entre bovinos e bubalinos, figura como referência dentro do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA), por conta das ações que possibilitaram solicitar a antecipação da retirada da vacinação, podendo fazer a última imunização do rebanho na campanha de novembro deste ano, antes do restante do grupo à qual pertence dentro do Programa.

Os membros do bloco V, o qual pertence Paraná e Mato Grosso do Sul, tem previsão de encerrar a obrigatoriedade da vacinação somente em 2021. Nele estão Mato Grosso, Rio Grande do Sul e o Estado de Santa Catarina, este último, que também já não realiza a vacinação obrigatória em todo rebanho.

Troca de experiências com vistas a retirada da vacinação

Na oportunidade os profissionais da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), trocaram experiências, e puderam conhecer os Sistemas SISTRAN, e BI, as metodologias do controle de trânsito animal e de trânsito vegetal utilizadas por eles, os sistemas de supervisão interna, de análises de redes, o trabalho de comunicação de ingresso de GTA em estabelecimentos de abate, os sistema de emissão de GTA e PTV, os procedimentos de fiscalização nos Postos Fixos, procedimentos de fiscalização nas Barreiras Volantes e a barreira em volante conjunta Adapar/Iagro.

“Eles nos apresentaram todo o processo desde a emissão de documentos até o destino final da carga, conferimos o funcionamento dos postos fixos de fiscalização agropecuária e da barreira volante. Fomos muito bem recebidos e tivemos uma visita extremamente proveitosa” destacou o fiscal agropecuário da Iagro, Joelson Oliveira.

Fazem parte da comitiva, que esteve no Paraná nesta terça e quarta feira (dias 11 e 12 de junho) além de Joelson, Marcia Arakaki, Kamilla Lucas Silveira, Fernando Endrigo Garcia, Rodrigo Cantero Dorsa, Gerson Bueno Filho, Filipe Portocarrero, Marcos Aurélio Guimarães, Caroline Sakamoto e Hugo Nantes.

 

Kelly Ventorim, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO) .